sábado, 6 de agosto de 2011

sounds of silence...

by Andrew Wyeth



ouvir o silêncio,
 perceber o imperceptível
ver o invisível
tocar o intocável
sondar o insondável
alcançar o inalcançável
atingir o inatingível
e deixar Deus tornar possível,
o que aos meus olhos
parece impossível...

neli araujo



Dedico  meu silêncio ao nosso amigo Rolando Palma,
escritor do Blog Entremares, que foi levado precocemente
de nosso convívio...
Meu carinho magoado aos seus queridos. 



10 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema lindo e doce, para uma pessoa maravilhosa.
Tinha saudades de passar aqui na tranquilidade do teu recanto.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

maria teresa disse...

Que tranquilidade emana deste poema...como é bom voltar aqui!
A Neli transmite-me uma sensação enorme de espiritualidade.
Abracinho meu

Cynthia Lopes disse...

lindíssimo minha querida,
sofro contigo.
bjs

Michele P. disse...

Neli

Coisas que só quem tem um coração que palpita e uma alma que brilha conseguem sentir...
Lindo e encantador poema!

Um abraço

Michele P. disse...

Quanto à partida do colega poeta: é uma lástima... um vazio se abre.
Linda homenagem fizeste...

Dois Rios disse...

Ah, Neli, que notícia triste! Gostava muito de visitar e ser visitada pelo Rolando. Com ele já são três amigos blogueiros que eu gostava muito e que nos deixaram precocemente. O que aconteceu com o Rolando? Como você soube?

---

Sim, minha querida, só Deus para tornar possível o que nos parece impossível.

Beijo,
I.

lis disse...

Oi Neli
Triste momento, uma perda dificil de entender.
A vida tem momentos assim controláveis e incontroláveis .A morte é sempre doída , e o morrer de forma cruel ainda muito mais.
um abraço amiga e homenagens foram muitas e continuará sempre,nao o esqueceremos.
um abraço

* recebestes meu email?

Viviana disse...

Querida Néli

Dizer poema lindo, não chega, amiga.
Define-o muito pobremente.
Cada linha que ia lendo me revelava a pessoa encantadora que é a Néli e que eu já conheço.

E estas palavras:

"e deixar Deus tornar possível,
o que aos meus olhos
parece impossível..."

È isso amiga. Deixar com Deus. Para Ele não há impossíveis!

Um beijo e, bençãos, muitas, muitas

Viviana

neli araujo disse...

Pessoas queridas,

Para mim é difícil lidar com a morte, especialmente de pessoas queridas...

Obrigada por sua presença e carinho aqui no blog, neste momento.

Espero que a família do meu amigo Rolando Palma esteja recebendo bastante apoio, carinho de amigos, e consolo Divino.

Uma beijoca e bom fim de semana!

neli

carmen disse...

Neli:

Só hoje vi esta postagem...

Linda imagem, poema muito sentido e profundo e a música, a musica... disse tudo!!!

Linda e sentida homenagem, babe

Meu abraço carnhoso atrasado, mas real...

bjs solidários