quarta-feira, 6 de maio de 2009

Quem sabe um dia...


Imagem da Net
.

Já cansei de na areia,
Castelos construir.
Vem a espuma sorrateira
E faz tudo ruir...

Ai que se eu soubesse nadar,
Não esperava um segundo,
Pra daqui me atirar
E mergulhar lá no fundo.

Quem sabe um dia
Do mar eu voltaria
Como sereia a cantar...

Para atrair errantes navegantes,
Outros tantos viajantes,
E talvez algum deles encantar...

.
neli araujo
2008
.

8 comentários:

FRAN "O Samurai" disse...

Oi querida Neli.

O mar sempre nos encanta e sempre nos inspira a fazer de suas águas e beleza um mar de poesia.

Beijos amiga.

Jacira mavignier disse...

Neli,
Que seja do mar,
que seja da terra,
venha de onde vier,
um errante navegante,
um formoso passante,
que venha à você!

Beijos

Jacira

Anita disse...

A amizade é uma luz que não deixa a nossa vida ser escura.

Obrigado pela tua amizade amiga.
Beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

bete disse...

O Bom Mestre já nos avisava pra não construir nada na areia.

Mas eu confesso que também já fiz dessas aí...mas encontrar um gato no fundo do mar é bem melhor. Peixe-gato.

Alice disse...

Neli linda...minha doce sonhadora...

sua alma deve ser dourada e certamente reflete a luz do sol !

(posso te contar um segredinho?...a muito tempo deixei de sonhar, desde que descobri que sonhar dói demais...)


bjkasssss

E o pensamento voa... disse...

Queridas amigas e Querido amigo,

Obrigada pela companhia nesta minha caminhada de "sonhos" e pensamentos que voam!

Tenham um final de semana abençoado!

beijinhos,

Neli

Jhacy disse...

Amiga querida,

que lindo este poema, aliás, como sempre!!!
Um excelente fim de semana´pra ti, amiga.
beijos.

E o pensamento voa... disse...

Jhacy, minha querida!

Obrigada pelas palavras, linda!

Tenha um ótimo final de semana!
beijinhos