segunda-feira, 11 de agosto de 2008

It Takes Two to Tango


"Evening Tango" by Trish Biddle


PERDIÇÃO

quando
naquele baile
estes olhos roubaste,
fiquei cega
de paixão...
e agora que
os devolveste,
sem brilho
sem com(paixão),
fico sem saber
o que fazer
do meu braile...
.
neli araujo
.

7 comentários:

bete pereira da silva disse...

Gente, que lindo esse jogo de palavras de baile com braile...o que fazer com meu braile...

Geeeeeente

Neli, o meu hai kai até agora não saiu, você acredita que eu venho tentando fazê-lo no ônibus, ou quando me deito, mas sabe o que é, eu sou prolixa, preciso de muitas palavras pra me expressar, mas sigo acreditando que fazer hai kai ou poemas como você os faz, é um excelente exercício, colocar muita beleza em pouco espaço é arte...

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia amiga Neli!

O que falar!!

Você já disse tudo.

uma otima tarde amiga.


beijooo.

Boa Noite Cinderela disse...

Uau, que noite mais envolvente.
Os enamorados sempre correm o risco de se amarem ou se perderem, numa só noite com dança ou amor.

Lindo, lindo.
Beijo*

* O Cantinho da Lia * disse...

Eu também senti meus olhos brilharem...no momento em que me apaixonei...Paixão à primeira vista..

E agora meus olhos lacrimejam e vêem em preto branco...

Beijos Nelinda
Você é adorável...
Que sorte ter vc por perto.

E o pensamento voa... disse...

Queridos Bete,Ana, Cinderela, Lia e Renato!

A presença de vocês aqui no blog é sempre uma honra!
Gostaria de responder a cada um, mas estou aproveitando meu horário de almoço, e já vou entrar em aula novamente...
hoje está fogo, rsrsrs

Beijos carinhosos,
Neli

Carmen disse...

Amei este poema... Não consigo fazer poesia, nem poemas, nem hai kai... Mas amei o seu blog e seus poemas...

Este Renato...

Convido você a visitar o meu site:
www.cronicasaoentardecer.com.br

Bjs

E o pensamento voa... disse...

Carmem querida,
Eu sempre acabo descobrindo um recadinho que não respondi...desculpe! Acho que quando te li aqui, fui correndo te ler lá, no teu blog, que por sinal adorei! Você diz que não sabe escrever poemas, eu não sei escrever crônicas...então a gente se visita, rsrsrsrs e se enriquece, não é mesmo? beijinho