terça-feira, 14 de outubro de 2008

Ah, os olhos...


"Table for Two" by Joseph Larusso


e quando
nossos olhos
se cruzaram
eles se reconheceram
e se buscaram...

e quando
nossos olhos
se encontraram
eles se entenderam
e se encantaram
e muito brilharam...

aquele brilhar dos olhos
das pessoas que se querem,
quando elas se encontram...



neli araujo
.

26 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Boa tarde Neli!

Ah...esses olhos!!

Um gde abraço.

beijooo.

Cadinho RoCo disse...

Quando os olhos se encontram..., nem é bom falar escrever.
Cadinho RoCo

dragao vila pouca disse...

Neli muito bonito!
Coisa de amor à primeira vista ou melhor ao primeiro olhar.
Beijinhos

carmen disse...

Inacreditável!!!
Bancos mil, não é o máximo???
Amei cada banco, cada um com sua finalidade...
Já o dos "inimigos", poderia ter uns cintos para prende-los e poderem admirar esta bela paisagem gélida por toda a madrugada... até amanhecer!!!
rsrsrs

Alice disse...

hhhmmmmm... e isso dá um arrepio não é ??


bjkas pra vc

Anita disse...

Quando algo que gostamos acaba ou simplesmente vai embora lembremo-nos que as folhas do Outono não caem porque querem, mas porque é chegada a hora!

Beijinhos perfumados.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

carmen disse...

Confesso que quando leio estes versos com sabor de saudade e de reencontro, tenho um arrepio só de pensar no meu ex... Pensou??? Eu não sinto mais nada por ele e só de pensar nesta possibilidade, ainda que remota, me dá calafrios na alma...

Bjs

E o pensamento voa... disse...

Pois é, Aninha!

Os olhos dizem tudo, linda!

Boa quarta-feira pra você, amiga!
beijinhos

E o pensamento voa... disse...

Oi, Cadinho!

É, quando os olhos se encontram "de verdade", as palavras são desnecessárias, não?

Obrigada pela visita!
Um abração,

E o pensamento voa... disse...

Oi, Dragão!

Brigada pelas palavras simpáticas, amigo!
Que bom que gostou! beijocas

E o pensamento voa... disse...

Carminha linda!

Estou respondendo por etapas, enquanto tenho meus intervalinhos entre uma aula e outra...hoje o dia está lotado, rsrsrs

Gostou dos bancos que eu coloquei pra vocês, né? A Bete já vai mandar alguns inimigos pro banco gelado, hehehe

Carminha, linda, há quanto tempo está separada? Bola pra frente, amiga...esquece do ex...

Ai, amiga, faz tempo que não te visito...tô correndo tanto...meu PC também anda mais ocupado agora que mminha filha está trabalhando em casa... Bom, uma hora consigo te ler com calma. Eu adoro as tuas crônicas!
beijo carinhoso,

E o pensamento voa... disse...

Alice linda!
Dá sim, amiga! E é bom demais!

Conhece este poema do Leminski?


eu
quando olho nos olhos
sei quando uma pessoa
está por dentro
ou está por fora

quem está por fora
não segura
um olhar que demora

de dentro de meu centro
este poema me olha

Paulo Leminski

Diz tudo, não?
Beijos amiga querida!

E o pensamento voa... disse...

Anita querida,

Muito linda esta frase que você me deixou hoje logo cedo!

"Quando algo que gostamos acaba ou simplesmente vai embora lembremo-nos que as folhas do Outono não caem porque querem, mas porque é chegada a hora!"

brigada, linda!beijinhos

bete pereira da silva disse...

hau hau hau gatinhus que lindinhus....

é...a gente vai se contentando com esses né neli?

mas tou procurando por gatinhus humanus, nós precisamos agitar essa blogosfera, só dá casado, só casado, precisamos descobrir os blogueiros disponíveis...

dctorxix disse...

Ah um olhar....Existem coisas maravilhosas que só descobrimos quando ficamos ao lado de alguém...lindo

beijos
drx

* O Cantinho da Lia * disse...

E quando nosos olhos se cruzarem
Não quero pensar em mais nada...

Lindo poema...

Eu quero sentar lá no banquinho branco...
E vou mandar meu ex pra aquele banquinho na neve...rs...ele merece.

beijinho com carinho, nelinda.

Anita disse...

Amiga linda tem uma maravilhosa quinta feira!
Horas de felicidade, paz, amor e amizade.

Fica na paz. Fica com Deus.
Beijitos.
Anita (amor fraternal)

E o pensamento voa... disse...

Pois é, Betinha...só dá casado, hehehe

Eu já aprontei meu banquinho para o "amor"...Vamos ver se ele senta lá, rsrsrs

Por enquanto ficamos com estes gatos que deixei para você, linda!
beijos

E o pensamento voa... disse...

Olá, Doutor X!

Seja benvindo aqui no blog!
Se quiser, senta em um banco e aprecia as flores na primavera!
Um abraço e volte sempre!

E o pensamento voa... disse...

Então, Liazinha...aquele banquinho branco tá reservado, linda!hehehe

Posso te emprestar um igual pra colocar lá no seu blog, ok? rsrsrs

É bom sonhar, não, amiga? E é "de grátis"...
beijo carinhoso em você, amiga!

E o pensamento voa... disse...

Brigada, Anita!

Esta madrugada perdi o sono e fui lá te ler, linda!
Adoro seu cantinho!

beijinhos

E o pensamento voa... disse...

Ah, Lia!
Pode mandar o ex pro banco gelado! Quem senta lá não sai mais, e cabe um monte de gente, rsrsrs

Paulo Cesar disse...

Olá, Neli, mais uma vez adorei os seu poema.
O encontro dos olhares tiram de mim, por vezes, o que tenho de melhor para entregar para meu amor.

Abraço.

E o pensamento voa... disse...

Brigada, Paulo Cesar!

Você é sempre benvindo aqui!

Já te linkei também!

Beijocas e bom fim de semana!

tossan disse...

No encontro dos olhos certos, é inexorável a conexão. Gostei muito daqui. Bj

E o pensamento voa... disse...

Obrigada, Tossan!

Seja benvindo aqui no meu cantinho!

Gostei demais das suas fotos (lindas!) e dos teus poemas também!Parabéns!
Um abraço e volte sempre!