segunda-feira, 13 de julho de 2009

Para Refletir...

.
A Fábula do Porco-Espinho
.

Durante a era glacial, muitos animais
morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação,
resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam
e se protegiam mutuamente; mas, os espinhos de cada
um feriam os companheiros mais próximos,
justamente os que ofereciam maior calor.
Por isso decidiram afastar-se uns dos outros
e voltaram a morrer congelados.

Então precisavam fazer uma escolha:
ou desapareceriam da Terra ou aceitavam
os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver
com as pequenas feridas que a relação
com uma pessoa muito próxima podia causar,
já que o mais importante era o calor do outro.
E assim sobreviveram!

Moral da História:

O melhor relacionamento não é aquele
que une pessoas perfeitas, mas aquele
onde cada um aprende
a conviver com os defeitos do outro
e consegue admirar suas qualidades.


.

.
Mensagem recebida por e-mail da Conceição.
Imagens recebidas por e-mail da Luci.
.
Tenham uma ótima semana!
neli
.

15 comentários:

Rute Carla disse...

Bonita ilustração. As fotos são muito fofas! Bom saber que está de volta!

neli araujo disse...

Oi, Rute!

Obrigada pelas palavras, linda!
Sua presença por aqui me faz muito bem!

beijinhos em você e nos seus filhotes!
neli

neli araujo disse...

:)

Jhacy disse...

Querida Neli,

Que saudades de você e de seus belos poemas. Saiba que é uma das minhas poetisas preferidas!!
beijos.

Gerly disse...

Linda fábula! E as imagens, que fofo!

Beijokas!

:o)

neli araujo disse...

Oi, Jhacy!

Que bom que apareceu, linda!

Obrigada pelas palavras carinhosas!

Venha sempre!

beijinho carinhoso,
Neli

neli araujo disse...

Oi, Gerly!

Estava passeando pelos blogs, e fui te visitar também!

Quando voltei havia seu recadinho simpático!

Saudades!

Olha, aproveita muuuuuuuito as férias!
beijocas
Neli

carmen disse...

Neli, que bebês mais lindos... fofuxos!!!

Mas eu não sei se conseguiria dormir com eles... sei não... rs

beijos

neli araujo disse...

Carminha querida,

Que saudades, amiga!
Não são fofinhos?
brigada pelo carinho, linda!
bjs
neli

bete disse...

Já conhecia, mas sempre gostei dessa historinha.

E haja porco espinho heim? rsrs

Os filhotinhos, mow fofos...

neli araujo disse...

Não são fofinhos, Betuxa?

Eu também já conhecia esta história,
mas sempre é bom ler novamente, até eu aprender, rsrsrs

beijinhos,
Nelita

Gustavo disse...

Simplesmente....Adorei, Lindo, é uma ótima mensagem para que possamos refletir.
bjs. e meus parabens.

neli araujo disse...

Olá, Gustavo!

Obrigada por ter vindo me visitar!
Obrigada pelas palavras também!
Volte sempre,

Um abraço,

Neli

Anônimo disse...

Muito Lindo o texto.
Um abraço e visite meu site tambem www.conpsi.com.br

Feliz Natal e um Ano Maravilhosooo!.

neli araujo disse...

Olá, Anônimo!

Seja bem-vindo aqui em meu blog!

Volte sempre!

Um abraço,

neli