sábado, 24 de julho de 2010

Distância - Paulo Leminski

Imagem da Net



Distância



"não possa tanta distância

deixar entre nós

este sol

que se põe entre uma onda

e outra onda

no oceano dos lençóis"



Paulo Leminski

22 comentários:

SolBarreto disse...

Lindo!lindo!lindo!

neli araujo disse...

Oi, Solzinha querida!

Você estava postando aqui, e eu postando em seu blog, hehehe

Isto que é sintonia, amiga!

beijo carinhoso,

neli

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Acabei de descobrir que seu estilo é parecido com o do Leminski:diz tudo em poucas palavras!!!

Lindo o vôo do seu novo template!!!

Um beijo!

Sonia Regina

neli araujo disse...

Soninha querida,

Obrigada pelas palavras! Se meu estilo for mesmo parecido com o do Leminski, sinto-me muito honrada, pois adoro os poemas dele, hehehe

Obrigada por tudo, minha amiga!

beijo no coração,

neli

Franck disse...

Adoro Paulo Leminski...bom para um domingo! Bj*

rouxinol de Bernardim disse...

Neli:

Este «oceano dos lençóis» tem muito que se lhe diga!

Está sublime, o poema!

Leonardo B. disse...

[o voo dos simples, é asa e nada mais... o céu já tanto faz!]

um imenso abraço, Neli

Leonardo B.

neli araujo disse...

Olá, Franck!

Eu simplesmente amo os poemas do Leminski!

Obrigada pela visita!

Um abração,

neli

neli araujo disse...

Salve, Rouxinol!

Sublime mesmo!

Um abração,

neli

neli araujo disse...

Oi, Leonardo!

Benvindo!

Obrigada pela visita e pelas palavras!

Imenso abraço para você também!

Neli

Sonhadora disse...

Minha querida
Um pequeno poema que diz tanto.

Beijinhos
Sonhadora

A.S. disse...

Neli...

...e o pensamento voa
ao encontro do teu,
vencendo todas as ondas
no oceano dos lençóis!


BeijOOO
AL

neli araujo disse...

Oi, Sonhadora!

É verdade, linda!

Acho que "menos" é sempre "mais"!

beijinhos,

neli

neli araujo disse...

Olá, AL!

Adorei teu poemeto!

Obrigada, e já estava com saudades de te ver por aqui!

Um abração,

neli

maria teresa disse...

Como se consegue dizer tanto em tão poucas palavras?
Não conhecia este poeta!
Abracinho



PS Querida Neli, tive um pequeno contratempo com o meu último post e o seu comentário, que ainda não tinha sido publicado, sumiu. Peço desculpa ... Bj

neli araujo disse...

Oi, Maria Teresa!

Eu gosto demais deste poeta! Sempre diz muito com poucas palavras!

Obrigada pela visita, linda!

beijinhos,

neli

PS: Já vou lá novamente tentar deixar um recadinho! :)

AVOGI disse...

oceano dos lençóis mas isto tá muito bom os meus lençóis não são de oceano são de flanela. hihi voltei kis :)

neli araujo disse...

Olá, Avogi!

Ah, mas a amiga acabou de voltar de lençois de oceano, não?

Os de flanela também são bons, hehehe

beijinhos e benvinda, amiga!

Neli

poetaeusou . . . disse...

*
Paulo Leminski,
sempre !
,
conchinhas deixo,
,
*

neli araujo disse...

Olá, Poeta querido!

Suas conchinhas são sempre benvindas aqui!

Um abração,

Neli

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga Neli

Hoje estou passando para agradecer
a sua amizade.
Amizade que torna a vida preciosa.
Que enche de cores as minhas palavras.
Que me faz ainda mais feliz,
com o afeto distribuído
a cada visita,
a cada comentário
e a cada palavra escrita
no livro dos meus dias.

Sua amizade me faz melhor.

neli araujo disse...

Olá, Aluisio!

Muito obrigada por suas visitas, sempre com palavras carinhosas de afeto aos seus amigos!

Muito obrigada, mesmo!

Sua amizade também me faz melhor, amigo!

Um abração,

Neli