quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Apenas um rosto...


"Before The Mirror" by Degas
.
São caminhos
Sulcados
Na alva superfície...
E na luz
Bruxuleante,
Lembram fendas
Do deserto...
Estiveram expostos
Às suaves brisas
E aos vendavais.
Eternizam escolhas,
Caminhos seguidos
E os que se deixou
De seguir...
Marcam momentos
Que foram
E os que deixaram de ser
Sem nunca ter sido...
São elas, as belas rugas
Na mulher
Que me olha
Todos os dias,
do espelho.

Neli Araujo
2009
.

14 comentários:

renato disse...

Olá, Neli!

Que belo texto "radiografando" uma vida plena de espinhos e rosas, caminhos sinuosos e avenidas esplêndidas, amarguras e alegrias, tristeza e felicidade!

Para muitos a vida não é passada a brincar! É uma vida muito ocupada, activa e com momentos de grande tensão. Não havia muito tempo para perseguir fantasias ou para sonhar alto (ou nem sequer havia tempo para "sonhar")!

O "Apenas um rosto" permite que vejamos muitas das vezes aquilo que o coração e alma tiveram que passar para se afirmarem na vida, vida essa que é regida por determinadas leis ou principios, se queremos ter algum sucesso nela!

Num mundo conturbado e agitado como o de hoje, onde temos, cada vez mais, de procurar as forças verdadeiras para viver e viver condignamente, precisamos de saber relacionar o nosso tempo com a realidade que nos rodeia e principalmente saber ser digno e saber continuar a "viagem"!

O prazer e a Glória são passageiros, somente Deus é eterno!

Um beijinho para si,

Renato

carmen disse...

Lindo poema, Neli.

Engraçado que tenho um com o mesmo tema que está inacabado. Se bem que acho que esta brisas e vendavais da nossa vida podiam passar sem deixar sulcos... rs

bjs

neli araujo disse...

Oi, Renato!

Obrigada pelas palavras carinhosas!

Acho que consegui transmitir o que estava sentindo, hehehe

O envelhecimento parece ser um tema recorrente nas nossas vidas.

O nosso corpo e rosto começam a mostrar a forma como vivemos...

Uma beijoca, e bom fim de semana.

Neli

neli araujo disse...

Oi, Carminha!

Com certeza, este é um tema que ronda as nossas vidas, não é mesmo?

Concordo plenamente, hehehe

beijinhos, linda!

Neli

Rubinho Osório disse...

Não são tantas rugas assim... e bela é a que as olha no espelho... mesmo que não pense assim.

anjo só disse...

nós passamos para os outros , a imagem que temos de nós; quando a pessoa nos ver a primeira vez, ver a imagem fisica natural, mas a medida que vão tendo contato nossa personalidade prevalece sobre a imagem fisica, se temos alma jovem ou velha, ela é que passamos, tem gente jovem velha e velha nova , não é maquiagem ,vem da alma.
( não sei se esse comentario tem a ver com o poema ), poema muito bom !


bjs

Pelos caminhos da vida. disse...

Obrigada pela sua presença amiga.

Aqui cada vez mais bonito.

Fim de semana de luz Nely.

beijooo.

CANTINHO FELIZ! disse...

Que lindo é o seu blog menina....Vou voar com você a partir de hoje. Estarei sempre te fazendo uma visitinha e lendo esses textos e poemas lindos que coloca aqui. Um abraço que Deus possa
te dar inspirações sempre para poder nos presentear com tantas coisas lindas!
Oranci.

dragao vila pouca disse...

Saber envelhecer é uma virtude. As rugas são marcas da vida e quem não tem rugas ou não viveu, ou viveu mal, porque quem viveu bem não precisa de disfarçar as rugas.

Vou enviar-lhe um mail que toca neste assunto.

Beijos e bom fim-de-semana

neli araujo disse...

Rubinho amigo,

Obrigada pelo carinho!
You made my day! Really!
Agradeço aos seus olhos e à sua generosidade!Me emocionou.

Boas férias! E volte logo, ok?
Abraços em você e na Elaine.

Neli

neli araujo disse...

Olá, João!

Obrigada pelas palavras!

Obrigada pela partilha.

Tenha um ótimo domingo.

Abs,

Neli

neli araujo disse...

Aninha querida,

Obrigada, linda!

Fim de semana de luz para você também, amiga!

beijoooo

Neli

neli araujo disse...

Olá Oranci!

Seja bem-vinda em meu blog!

É um prazer tê-la conosco!

Obrigada pelas palavras carinhosas,

Uma beijoca,

Neli

neli araujo disse...

Olá, Dragão amigo!

Obrigada pelas palavras.

Concordo com você, que saber envelhecer é uma virtude.

Como diz a música:
A lição já sabemos de cor, só nos resta aprender, hehehe

Tenha um domingo abençoado,

beijos,
neli