sábado, 1 de agosto de 2009

Amor como em casa


"Early Caller" by Jaqueline Osborn
.

Amor como em casa

"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa.
Faço de conta que não é nada comigo.
Distraído percorro o caminho familiar da saudade,
pequeninas coisas me prendem,
uma tarde num café, um livro.
Devagar te amo e às vezes depressa,
meu amor, e às vezes faço coisas que não devo,
regresso devagar a casa,
compro um livro, entro no
amor como em casa."
.

Manuel António Pina
.

8 comentários:

carmen disse...

Que lindo, Neli!!!

Volte, mas devagar...
bjs

talita disse...

Irmã

Passei no meu blog justo hoje e vi seu beijinho. Obrigada.

Pra você também. Bom regresso, de volta pro seu aconchego!

Tuca

Jacira mavignier disse...

Oi, Nely!

Você não fica brava??
Desejo-lhe um amor muito querido, na verdadeira acepção da palavra!!
De todo o coração!
De quem muito amou.

Beijos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Lindo demais!!!

Deve ser muito bom voltar para um amor "caseiro"...

Uma doçura de poema!!!

Um beijo,amiga!Sonia Regina.

Alice disse...

Nelilinda !!


vc é especialemente linda ao escrever palavras tão deliciosas para se degustar com a alma.....adoro vc !!



bjussssssssssssssssss

neli araujo disse...

Meninas queridas,

Obrigada pelo carinho!

A inspiração anda um pouco distante...então vou postando poemas de outros, que acho bonitos.

beijoca,

Neli

poetaeusou . . . disse...

*
sim
compra um livro,
de poemas se possivel,
,
doces conchinhas
te deixo, neli,
,
*

neli araujo disse...

Caro Poetaeusou,

Obrigada pelo conselho! Vou tentar encontrar,amigo!

conchinhas de amizade,

Neli