sexta-feira, 21 de agosto de 2009

"Timidez" - Cecília Meireles


Imagem da Net

.

“Basta-me um pequeno gesto,

feito de longe e de leve,

para que venhas comigo

e eu para sempre te leve...

- mas só esse eu não farei.

Uma palavra caída

das montanhas dos instantes

desmancha todos os mares

e une as terras distantes...

- palavras que não direi.

Para que tu me adivinhes,

entre os ventos taciturnos,

apago meus pensamentos,

ponho vestidos noturnos,

- que amargamente inventei.

E, enquanto não me descobres,

os mundos vão navegando

nos ares certos do tempo

até não se sabe quando...

- e um dia me acabarei.”


Cecília Meireles

.

Bom fimde semana a todos!

Beijinho carinhoso,

Neli

.


15 comentários:

Pleiba disse...

Bom dia Neli!!! Tudo bem?! saudade heim :)

Essa imagen retrata timidez pura!!! adorei!!!!
Otimo final de senama
bjuz

neli araujo disse...

Olá, Pleiba meu amigo!

Saudades também!

Que bom que gostou!

Olha, estou trabalhando demais, por isto tenho entrado pouco por aqui.

Mas logo logo a vida volta ao normal, hehehe

Bom fim de semana,
bjs

Neli

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Lindo!!!

Quanto se perde por não dizer,não fazer,não olhar...por timidez!!!

Delícia de poema!

Um beijo!!Sonia Regina.

neli araujo disse...

É vero, Soninha!

Este mal me acomete de vez em quando, hehehe

Você também é tímida?

beijinho carinhoso,

Neli

dragao vila pouca disse...

Deixa-me fugir das tímidas...
Obrigado, igualmente para si Neli.


Beijinhos

Jacira mavignier disse...

Oi, Neli!

Este poema é lindo! Eu o achei extremamente lindo!!

Retrata a timidez de uma mulher, é óbvio. Mas de uma maneira tão bela!

Já fui tímida, mais na adolescência...

Hoje, não sou tanto, pela minha extroversão.

Como a Soninha disse: "Quanto não se perde por não dizer, não fazer, não olhar...", é isso mesmo!

Beijos
BFS

Antonio Paulo disse...

Boa noite Neli foi com satisfação que vim retribuir a visita ao Vivendo em Versos. Belo esse recanto um abraço e serei teu seguidor com certeza.

neli araujo disse...

Olá Dragão!

Então fujas desta tua amiga aqui que é "um pouco" tímida, hehehe

beijinhos

Neli

neli araujo disse...

Então, Jacira, não é lindo este poema?

Eu já fui muito tímida na adolescência...e ainda guardo um pouco desta timiez comigo.

Quando rio ou quando choro, acabo escondendo meu rosto com a mão. Resquícios desta timidez, hehehe

Obrigada pelo carinho, Jacira!

beijoca carinhosa,

neli

neli araujo disse...

Olá Antonio Paulo!

Seja benvindo aqui no meu espaço.

Espero que sinta-se em casa.

Um abraço,

Neli

Déia Arakaki disse...

.................................
....... , . - . - , _ , .......
....... ) ` - . .> ' `( .......
...... / . . . .`\ . . \ ........
...... |. . . . . |. . .| ........
....... \ . . . ./ . ./ .........
......... `=(\ /.=` .........
........... `-;`.-' ............
........... `)| ... , ........
.............. || _.-'| ........
........... ,_|| \_,/ ........
..... , ..... \|| .' .............
..... |\ |\ ,. ||/ .............
.. ,..\` | /|.,|Y\, ............
... '-...'-._..\||/ .............
....... >_.-`Y| ..............
............ ,_|| ...............
.............. \|| ...........
............... || ..........
............... || ...........
............... |/ ...........

Obrigada pelas felicitaçoes querida!!
Voce para nós tambem é uma pessoinha muito especial

Beijao Querida

Alice disse...

lindo lindo lindoooooooo... e vc é linda !

bjuss

neli araujo disse...

Déinha e Alice queridas!

Obrigada pela presença!

Estou voando por hora, mas semana que vem passo para visitá-las, ok?

beijinho,

Neli

Juliana Paez disse...

Lindo texto Nei.....adorei...

neli araujo disse...

Obrigada, Juliana!

Volte sempre, linda!

beijinhos,

neli